13 Dicas para Tornar teu Churrasco mais Saudável

March 1, 2019

 

13 Dicas para Tornar teu Churrasco mais Saudável 

 

Churrasco, além de ter um sabor delicioso, tem um cheirinho irresistível, não é mesmo? E além disto, é muito divertido e relaxante fazer um churrasco com a família e amigos.

 

No entanto, processos de cozimento criam mudanças nas moléculas de nossos alimentos. Assim, táticas no preparo diminuem nossos riscos de problemas de saúde.

 

O fato é que ao grelharmos as carnes - carne bovina, carne de porco, peixe ou frango, resulta na formação de substâncias inflamatórias e mutagênicas ou substâncias químicas que não são seguras para nosso consumo.

 

Essas substâncias são:

 

Aminas heterocíclicas (HCAs), ou compostos bio-ativos da carne, como aminoácidos, açúcar e creatinina que são modificados quanto cozidas acima de 150 graus Celsius.

 

Hidrocarbonetos aromáticos policíclicos (PAHs), um composto que é formado durante o cozimento. O gotejamento dos sucos de carne e gordura no fogo produzem chamas que contaminam a superfície da carne que é carbonizada ou defumada.

 

Produtos finais de glicação avançada (AGEs) - o calor promove a formação de novos ages, entre 10 a 100 vezes acima do estado cru. E os produtos dietéticos de glicação avançada, (dAGEs) contribuem para aumento de estresse oxidativo e de inflamação.

 

Consequentemente, expondo nossos alimentos a estas toxinas aumenta nosso risco a diabetes, problemas cardiovasculares, câncer de próstata, cólon, etc.

 

Assim, dependendo do estado de saúde individual, em alguns casos é recomendado evitar carnes preparadas em processos de alta temperatura por um tempo.

 

Agora, se você tem boa saúde num geral, te recomendo seguir estas 13 dicas quando quiser comer um churrasco:

 

1 - evite tanto quanto possível comer carne que foi diretamente exposta a chama aberta ou a uma superfície de metal quente (mais de 150 graus Celsius)

2 - evite cozimento prolongado (especialmente em altas temperaturas)

3 - recuse carnes bem passadas - prefira carnes ao ponto

4 – vire continuamente a carne enquanto assando

5 - retire as porções da carne que estejam queimadas

6 - use várias ervas e temperos para darem sabor à carne como:  alho, manjericão, orégano, alecrim, canela, gengibre, manjerona, sálvia, etc.

7 – marine a carne usando azeite de oliva, suco de limão, alho ou vinho tinto, assim diminuirá a formação de HCA em até 90%

8 - ou marine a carne em substancias ácidas, que contenham suco de limão ou vinagre

9 - evite molhos feitos com tomates e açúcar, pois isso pode duplicar ou até mesmo triplicar a absorção de produtos tóxicos da carne

10 - corte as gorduras da tua carne favorita ou escolha cortes de carne mais magros

11 - cozinhe parcialmente a carne usando um método mais suave antes de colocá-la na grelha

12 - tenha cuidado ao limpar a grelha - nunca use Bombril, palha de aço, ou produtos químicos e tóxicos para remover a gordura que esta grudada pois assim evitara o acúmulo destas substâncias químicas na carne assada

13 – coma churrasco em tua casa ou em um lugar onde você possa controlar a temperatura do fogo

 

Além disto, é importante considerar:

 

. limitar o consumo de alimentos defumados

 

. preferir sempre preparar tua carne favorita em métodos de cozimento suaves, como cozinhar a vapor, refogar e cozinhar lentamente

 

. evite tanto quanto possível o uso de molhos feitos com gotejamentos de carne

 

Estas estratégias são a melhor forma de diminuir riscos de saúde associados a carnes grelhadas em processos de alta-temperatura. Assim, você poderá de vez em quando aproveitar um churrasco sem preocupaçāo.

 

Por favor, deixe teu comentário abaixo.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Featured Posts

Do you Have a Chronic Illness and Want an Alternative Health Plan to Change your Health for the Better?

February 2, 2018

1/1
Please reload

Recent Posts
Please reload

Archive
Please reload

Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2016 Elianni Gaio

Tel : +1 (786) 797-0809