• Elianni Gaio

Intestino e Saúde - Conhecendo a Importância de Nossa Flora Intestinal ou Microbiota Intestinal - Pa

Microbiota Intestinal - Parte 1

Tem um ditado popular que fala que a nossa saúde começa em nossa boca.

Mais, será mesmo verdade?

Na boca está no começo de nosso sistema digestivo assim, após a mastigação, o alimento ingerido percorre nosso trato digestivo para ser digerido e absorvido em nosso intestino e, o que não é aproveitado é descartado nas fezes.

Este processo, quando funcionando adequadamente, nos garante nutrientes cruciais necessários para o perfeito funcionamento de nosso corpo e consequentemente uma boa saúde.

No entanto, baseado em estudos científicos, a saúde começa mesmo em nosso intestino ou, mais especificamente em nossa microbiota intestinal ou flora intestinal. E depende basicamente de quão equilibrado estiver o nosso microbiota intestinal.

E para termos um microbiota intestinal equilibrado e com bactérias benéficas alguns fatores básicos são necessários como por exemplo uma dieta antinflamatoria e rica em nutrientes, um estilo de vida equilibrado, gerenciamento de estresse, entre outros.

Mais, como entendemos melhor nosso microbiota, já que dependemos dele para uma boa saúde?

Então vamos lá...

O que é um microbiota intestinal ou flora intestinal?

O microbiota intestinal, flora intestinal ou bactérias intestinais (diferentes termos usados que indicam a mesma coisa)) referem-se à comunidade de microrganismos que vivem em nosso intestino.

Na verdade, são mais de 100 trilhões de microrganismos, altamente diversificados com mais de 1000 espécies diferentes.

Isto literalmente significa que temos dez vezes mais micróbios em nosso corpo do que células humanas, e estes micro-organismos são compostos principalmente de bactérias, mas também incluem vírus, fungos, protozoários e “archaea”, literalmente compartilhando nosso espaço corporal conosco.

Por que a nossa microbiota intestinal é importante para nossa saúde?

Nosso microbiota ou flora intestinal é tão importante para nossa saúde que é considerado pelos cientistas um órgão virtual. E e fundamental que nosso microbiota tenha um ambiente homeostático ou em equilíbrio para podermos ter boa saúde

Isto deve-se ao fato que a maioria dos nossos micróbios intestinais são inofensivos e benéficos para nós quando estão em equilíbrio.

Ou seja, eles nos oferecem muitos benefícios, como regular nosso metabolismo e são essenciais para uma digestão normal e nutrição (alguns desses micróbios digerem as fibras alimentares, enquanto outros sintetizam nutrientes essenciais). Também, nos protegem contra infecções e bactérias patogênicas.

Além disso, o nosso microbiota intestinal é a residência da maioria das células imunológicas do nosso corpo (entre 70 a 80 por cento das células do nosso sistema imunológico estão em nosso intestino).

Desta maneira, o nosso microbiota intestinal, dependendo do estado que estiver pode influenciar uma fisiologia normal (quando em equilíbrio) ou, criar suscetibilidades a doenças (quando desiquilibrado e com crescimento desordenado de bactérias).

Quais os fatores que afetam negativamente nossa microbiota intestinal?

Nossa dieta e indicada por moldar a composição da comunidade microbiana do nosso intestino de forma significativa. Isso significa que a comida que ingerimos pode afetar desfavorável e dinamicamente nossos micróbios intestinais em questão de dias.

Além disso, nossa dieta é super relevante na mudança da diversidade da flora intestinal. Assim, os macros nutrientes (gorduras, carboidratos e proteínas) têm um papel importantíssimo na formação da composição e atividade desta complexa população de micróbios.

Também, alguns outros fatores influenciam a composição do nosso microbiota intestinal, tais como: (Eu vou falar sobre cada um nos próximos artigos)

- Estilo de vida e meio ambiente

- Estresse crônico (comunicação intestino-cérebro)

- Inflamação crônica

- Infecção intestinal

- Antibióticos e uso de medicamentos

- Inatividade física

- Predisposição genética

Por ser um tema com muitos detalhes, dividi este artigo em 2 partes.

Na parte II, vou falar como variam as composições da flora intestinal entre os indivíduos, quais as condições crônicas de saúde que estão associadas a um microbiota desiquilibrado ou em estado disbiotico e mais.

Na verdade, quando entendemos o funcionamento de nosso intestino, aprendemos que a melhor maneira que temos para prevenirmos problemas crônicos de saude é através de mudancas em nossa dieta e estilo de vida,

Por favor, deixe um comentário abaixo.

Ate breve!

Tel : +1 (786) 797-0809

© 2016 Elianni Gaio